Arquivos Batch

A Integração via Arquivos Batch já vem sendo utilizada no SIAFI há diversos anos. Trata-se da troca de arquivos textuais entre as Unidades Gestoras e o SIAFI, permitindo tanto a importação quanto a extração de dados no sistema.

 

Qualquer que seja a requisição feita através deste tipo de integração, o SIAFI só dará início ao seu processamento no período noturno, fora do horário no qual está disponível para os usuários. Qualquer eventual resposta do sistema poderá ser verificada a partir da manhã seguinte ao processamento.

 

Pela natureza deste meio de integração, que não tem efeitos imediatos, ela se torna mais adequada para sistemas assíncronos, ou seja, aqueles que não necessitam de uma resposta ou processamento instantâneos. Por outro lado, este mecanismo, por não concorrer com os usuários on-line, tem capacidade de tratar um número elevado de requisições.

 

Entretanto existem algumas diferenças na maneira como o SIAFI Operacional e o novo SIAFI tratam este tipo de integração. A mudança mais significativa é no formato dos próprios arquivos trafegados. Enquanto no SIAFI Operacional os arquivos seguiam o formato de texto posicional, no novo SIAFI os arquivos seguem o formato XML, de acordo com o e-PING. Outra mudança é que no novo SIAFI não há mais a necessidade do STA; os arquivos são enviados ou baixados através do próprio sistema, em funcionalidades apropriadas.

 

- Pré-requisitos para Utilização

 

No novo SIAFI a utilização da Integração via Arquivos Batch ocorre através de funcionalidades específicas para isto, dentro do próprio sistema. A consequência é que o único pré-requisito para a utilização da mesma é ter estas funcionalidades devidamente autorizadas no perfil do usuário interessado.

 

Por fim, dependendo da operação que o usuário solicita via integração, outras autorizações específicas podem ser necessárias. Por exemplo, se o usuário quiser enviar um arquivo batch de inserção de documentos hábeis, ele deve ter acesso à funcionalidade de Inclusão de Documentos Hábeis no sistema também.

 

Antes de passar a enviar arquivos de carga diretamente no Ambiente de Produção, recomendamos que os interessados neste tipo de integração passem por uma etapa de testes em seus sistemas, integrando com o nosso Ambiente de Homologação. Para ter acesso ao ambiente de homologação, os usuários interessados deverão entrar em contato com o cadastrador responsável pela habilitação de operadores no SIAFI do seu órgão para obter orientações de como solicitar o cadastramento. A princípio apenas os cadastradores do órgão superior possuem permissão para cadastramento no ambiente de homologação.

 

- Funcionamento

 

O usuário devidamente autorizado verá no menu do novo SIAFI o sub-menu de Importação e Exportação de Dados, onde estão concentradas todas as funcionalidades relacionadas a este tipo de integração. Estas funcionalidades estão divididas entre as de Carga de Dados e as de Extração de Dados.

 

- Carga de Dados

 

A carga de dados é a transferência de dados para dentro do SIAFI a partir de um sistema cliente por meio de um arquivo batch. Estes arquivos batch são na verdade arquivos no formato XML e devem estar de acordo com algum layout reconhecido pelo SIAFI, sendo que a relação destes layouts reconhecidos pode ser obtida na funcionalidade Consultar Layout de Arquivo. Nesta funcionalidade será possível, inclusive, baixar os arquivos de definição de esquema (XSD) para cada tipo de carga pretendida. Mais informações de layout pode ser obtidas no Catálogo do Governo Eletrônico.

Uma vez que o sistema cliente tenha gerado um arquivo XML a ser carregado no SIAFI, um usuário habilitado no sistema deve acessar a funcionalidade de Solicitar Carga de Dados e fazer o upload deste arquivo, indicando a data na qual o mesmo deve ser processado.

 

Na noite da data agendada o SIAFI irá processar o arquivo de carga e guardar o resultado do processamento para que o usuário possa consultar depois.

 

Desta forma, a partir do dia seguinte, o usuário poderá acessar a funcionalidade Consultar Carga de Dados e verificar o resultado de sua solicitação de carga. Caso o processamento tenha sido executado corretamente, o status da carga indicará sucesso; do contrário, os erros encontrados serão indicados no relatório.

 

Mais detalhes sobre as funcionalidades de Carga de Dados podem ser obtidos diretamente do Manual do Sistema, no seguinte endereço: http://manualsiafi.tesouro.gov.br/ importacao-e-exportacao-de-dados/carga-de-dados.

 

- Extração de Dados

 

A extração de dados é a transferência de dados a partir do SIAFI para um sistema cliente por meio de um arquivo. Neste caso, os arquivos de transferência de dados também são XMLs que seguem um layout reconhecido pelo SIAFI. Os layouts que descrevem os arquivos estão no formato XSD.

 

- Exemplo de Utilização

 

Arquivo de carga de Documento Hábil (compatível com a Documentação de Serviços de Interoperabilidade - Importação de Dados - Versão [4.0.8]) - Arquivo Zip

 

Arquivo de carga de Programação Financeira (compatível com a Documentação de Serviços de Interoperabilidade - Importação de Dados - Versão [4.0.8]) - Arquivo Zip