Notas Técnicas

As Notas Técnicas foram criadas com o objetivo divulgar estudos e relatórios sobre temas relacionados à dívida pública brasileira. Tais trabalhos destinam-se a discutir com mais profundidades os tópicos em questão, subsidiando decisões de políticas de gerenciamento da dívida e disseminando conhecimento entre analistas, acadêmicos e gestores de dívida de diversos países, dentre outros interessados.

Composição Ótima da Dívida Pública Federal

A publicação Composição Ótima da Dívida Pública Federal apresenta o perfil desejado para a estrutura da dívida no longo prazo. A definição da composição ótima da dívida pública, um dos elementos do processo de planejamento estratégico, constitui um guia para o delineamento de estratégias de financiamento de curto e médio prazo do governo que conduzirá a DPF para um adequado balanço entre custos e riscos. O comprometimento do Tesouro Nacional com tal política é um aspecto que contribui significativamente para diminuir a vulnerabilidade do país a choques adversos. Assim, uma estrutura de dívida mais saudável constitui componente importante para o fortalecimento da posição fiscal e, em última instância, para a estabilidade macroeconômica do país.

Publicação Completa

Relacionamento entre autoridade fiscal e autoridade monetária: a experiência internacional e o caso brasileiro

A publicação "Relacionamento entre autoridade fiscal e autoridade monetária: a experiência internacional e o caso brasileiro" apresenta diversos aspectos, do ponto de vista teórico e empírico, do relacionamento institucional entre autoridade monetária e o governo que a instituiu. Um arranjo bem desenhado entre essas instituições inibe o surgimento de alguns constrangimentos à autoridade monetária para perseguir plenamente seus objetivos, bem como pode contribuir para uma evolução mais saudável das finanças públicas. Nesse sentido serão objeto de investigação temas como a centralização (ou não) dos recursos do governo no Banco Central (BC), a remuneração desses recursos, o refinanciamento dos títulos do governo que vencem na carteira da autoridade monetária e a transferência de seus resultados positivos e cobertura dos negativos. Por fim, cabe ainda neste documento uma sintetização da experiência brasileira à luz das sugestões da literatura e da experiência prática de outros países, contribuindo assim para o debate internacional e para disseminação desses assuntos com gestores de divida e acadêmicos, entre outros interessados.

Publicação Completa